Preparando o ninho: um quartinho especial para o seu bebê!

Você descobre que está gravida, o que na maioria das vezes traz muita felicidade, e sempre traz muuuito medo e insegurança. Sim, mesmo as pessoas que estão planejando e tentando engravidar há um tempo, ficam muito inseguras quando isso acontece de fato, é unânime!

OK, passado o susto inicial, você entra de cabeça no maravilhoso mundo da maternidade! São listas intermináveis de peças para o enxoval, milhões de exames médicos e muuuitas decisões importantes: parto normal ou cesariana, escolha do hospital, nome do bebê, e o pediatra; enfim, um universo de coisas que você nunca tinha parado para pensar profundamente.

Com 9 meses pela frente você pensa, tem tempo de sobra, mas eis que todo o processo é intensificado no terceiro trimestre da gravidez, quando você está suuper cansada, com uma barriga enorme que dificulta os mais simples movimentos (para mim arramar o sapato era uma loucura), mas surge uma insana necessidade de organizar, limpar e deixar tudo pronto para a chegada do seu bebê. Segundo um estudo da Universidade de McMaster, no Canadá, esta explosão de energia é o resultado de um mecanismo para proteger a cria e preparar-se para sua chegada, é a chamada “síndrome do ninho arrumado”. Um comportamento que nos liga ao nosso passado ancestral, onde acreditamos que fornecer um ambiente seguro ajuda a promover o vínculo e o apego entre a mãe e o recém-nascido.

Diante de todos esse processo cansativo, temos que encontrar um lugar para jogar toda a nossa criatividade e nos divertir, e para isso temos o quartinho do bebê. A indústria vem se modernizando muito, hoje são muitas as opções para o mobiliário e decoração deste ambiente. O domínio das paletas em tons pasteis foi invadido por cores vibrantes, formas geométricas e interferências dos mais variados estilos! Com ou sem tema, cores claras ou um vibrante arco-íris, o tamanho da sua criatividade e ousadia é o limite para o quarto do seu bebê.

fotos by Pinterest

No meu caso, teríamos meu pequeno Beto e, apesar de ter um espaço beeeem pequeno, queria um ambiente criativo e alegre para recebê-lo. Apostei em um design unissex, que não reforçasse os estereótipos do feminino e/ou masculino, uma paleta de cores vibrantes, mas com base neutra, e o resultado você vê na foto abaixo e neste video. O ponto alto do projeto é o berço antigo, que foi do meu esposo, Alberto pai. Consegui resgatá-lo e restaurá-lo, você pode conhecer melhor a história desta peça aqui.

IMG_3536

Se você é fã de um filme ou artista em especial, por que não usá-lo como inspiração? Veja esses projetos inspirados no filme Amelie Poulan e na artista Frida Khalo.

fotos by Pinterest

Não há regras nem limites para a sua criatividade, mas é importante ficar atento a algumas questões técnicas. Veja 10 dicas do que observar na hora de montar o quarto do seu bebê:

  1. O berço deve ficar fora da corrente de ar, portanto nada de acomodá-lo próximo à janelas.
  2. Prefira cortinas curtas de fácil limpeza, pois quando o seu bebê começar a engatinhar vai se pendurar em tudo o que achar, e cortinas compridas são um convite a possíveis desastres.
  3. Use tapetes facilmente laváveis, portanto prefira peças leves e de fio/pelo baixo.
  4. A poltrona de amamentação deve ser confortável e com braços, pois você passará muuuuito tempo nela! É imprescindível um apoio lateral para a mesa, para que você possa descansar sua moringa de água e seu celular durante a amamentação. Não esqueça o apoio para os pés, sua circulação agradece!
  5. O trocador deve ficar a 90 ou 95 cm de altura do piso, para sua coluna não sofrer desnecessariamente
  6. Em ambientes pequenininhos como o meu, ou espaçosos, é importante considerar um mínimo de 60cm de espaço para circulação entre as peças do mobiliário.
  7. Se possível, opte por móveis com rodinhas para facilitar a limpeza
  8. Tenha vários pontos de iluminação espalhados pelo quarto, assim você não fica refém de uma luz central. Um ponto de luz próximo ao trocador e ouro próximo a poltrona de amamentação são essenciais.
  9. Para uma luz central mais amena, que não agrida os olhos sensíveis do seu bebê, aposte em luminárias que rebatam a luz para o teto. Sugiro usar interruptor com controle de intensidade de luz.
  10. Os móbiles são lindos e atraem mesmo a atenção dos bebês, eles adoram! Mas, se estiverem posicionados de maneira incorreta podem afetar os olhos dos pequenos. Por isso, certifique-se que a posição em que a criança ficará no berço permita que ele veja o brinquedo diretamente na sua linha de visão, evitando que ele precise virar os olhos para ver a peça.

No mais, divirta-se, o universo lúdico infantil permite quase tudo e você pode exercitar toda a sua criatividade nesse projeto. Lembre-se, o quarto é onde o bebê passará boa parte do seu tempo, portanto é um rico campo de estimulo para ele. Escolha os campos de personalidade que você mais quer instigar no seu pequeno. Veja alguns projetos inspiradores para te animar a sair da caixa!

fotos by Pinterest

Já fez o quartinho do seu bebê, conte aqui como foi sua experiência! Está envolvida neste processo agora, mande suas dúvidas e impressões, será um prazer ajudá-la! Gostou do conteúdo, compartilhe com a sua rede!!! :***

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s